sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Maluzinha




É verdade que os animais deficientes e eu temos uma ligação. Assim como algumas pessoas tem mais afinidades com outras, seja lá qual seja a razão disso. A minha afinidade entre os animais se mostrou ser com os que tem alguma deficiencia. Eu estava olhando uma foto de Malu, ela em meu colo, e vi no plano de fundo, uma cadeirinha de rodas. Só aí que lembrei. Maluzinha anda em cadeirinha de rodas - que eu fiz.




Também é verdade que eu não tinha percebido Malu entre os cães. Sabia que ela ganhara um nome e ganhar um nome significava que ela tinha se destacado um pouco entre os outros cães. Um dia eu estava limpando seu canil e comentei que ela era bonitinha. Ao posto que alguem respondeu: Essa Malu é uma verdadeira pestinha.


Não entendi de fato como um animal deficiente poderia ser uma pestinha... eis que eu prestei atenção nela. Fiz sua cadeirinha quando tive condições... e Malu se mostrou para mim um animal desinteressado em ser comum, em ser deficiente. Temos outros animais que andam de cadeirinha de rodas e eles possuem uma caracteristica em comum: são dependentes. Malu, não. Ela até pula. Só não fica solta por que ao se arrastar no chão de cimento, ela se machuca. Mas Malu morde filhotinhos, rouba comida do cego que compartilha seu canil, é sapeca, amorosa, ela adora as pessoas, quando alguem chega na Ama ela corre para receber se estiver de cadeirinha... a coisa mais engraçadinha que ela faz, a meu ver, é essa recepção calorosa... ela pula, roda, pula novamente, vai em cima da pessoa, exige carinho... ela é maravilhosa. É talvez o animal que eu mais me interesse em tirar da Ama e dar um lar... Não sei bem o por que, ela parece gritar que odeia aquele canil, aquelas grades e aquela não-liberdade. De onde ela era, qual seu nome, seu dono, por que foi entregue atropelada, são perguntas que eu as vezes me faço, sentada no seu canil, tentando impedi-la de fugir (sim, ela foge). Mas ai eu penso quão infelizes são essas pessoas que descartam seus bichinhos de estimação quando eles adoecem ou ficam deficientes, como no caso da Malu... os animais, nessas cirunstancias, são fantasticos. Eles dão tudo de si, de vontade de viver, de lição de vida, de vontade de ser feliz. Eis o por que de eu admirar tanto esses animais... não só por ue eles reaprendem a viver -de cadeirinha de rodas- mas por que eles parecem renascer das cinzas do abandono, da tristeza, da mágoa, para nascer num mundo diferente, iluminados, maravilhosos e transcedentes... Sim, Malu é uma maravilhosa e perene fonte de inspiração. E de Luz. Maravilhosa e resplandescente Malu, eu amo você.

2 comentários:

  1. Nunca vi uma ft com um cachorrinho com olhar o mais expressivo que o da Malu, muito linda ela !!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo seu projeto. A história da Malu é fantástica também, muito bom saber que existem pessoas como você no mundo. :)

    ResponderExcluir